Criarumemail.com/

Notícias
















Tudo pronto para o São João na Praça, arraial promovido pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), no bairro do São Francisco. Serão dois dias de festança, que começa nesta terça-feira (28), com uma vasta programação para animar o público presente, com apresentações culturais e shows, além de disponibilizar um espaço kid’s, com recreação, brincadeiras e distribuição de lanches para a criançada. 

Na terça-feira a programação começa às 17h30, com o Grupo Lamparina, seguido dos bois Barrica e Pirilampo. E para finalizar o primeiro dia o arraial terá apresentações de Bruno Shinoda e Tony Guerra.

Na quarta-feira (29), último dia da festa, a programação começa às 17h, com a Quadrilha Nova Esperança. Também se apresentarão o cantor Gil Lemos e os bois de Morros, Novilho Branco, de Santa Fé, de Maracanã, de São José de Ribamar e Maioba.

Contando com o apoio da Prefeitura de São Luís, do senador Weverton (PDT) e do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), o arraial será realizado na Praça Frei Antônio Sinibaldi, na Avenida Ferreira Gullar.


O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), participou, na noite deste sábado (25), dos festejos da Vila Junina, no município de Lago do Junco, na região do Médio Mearim. Acompanhado da prefeita Edina Fontes (PDT), com sua família e grupo político, o vereador percorreu o espaço, onde pôde aproveitar a programação da festa e saborear as delícias típicas deste período de festas.

“Quero parabenizar a prefeita Edina pela impecável organização. Em toda a sua estrutura caprichada e programação, o arraial celebra a nossa cultura e tradições, proporcionando momentos de lazer às famílias juncoenses”, declarou o pedetista. De acordo com ele, também foi uma excelente oportunidade para interagir com comerciantes e população presentes, ouvindo suas necessidades.

Antes do evento, o vereador já havia participado de um encontro com lideranças políticas locais, que aderiram a sua pré-candidatura a deputado estadual. “É uma grande satisfação poder contar com o apoio de vocês ao nosso projeto. Tenham certeza que estarei aqui, para que as dificuldades da cidade sejam minhas também”, disse o Osmar, garantindo que irá lutar para que as demandas do município sejam atendidas.



Por:Mirlene Bezerra. movimento Mulheres da Gente, em parceria com o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), promoveu, neste domingo (19), uma ação social que disponibilizou diversos serviços para a comunidade do São Francisco. “É uma ação social que queremos tornar frequente, não só no bairro do São Francisco, mas em toda São Luís, porque sabemos o quanto a cidade precisa desta atenção”, disse a coordenadora do grupo, a advogada Clara Gomes.

Realizada na Unidade Escolar Frederico Chaves, a ação ofereceu atendimentos na área da saúde, com consultas em especialidades como odontologia, oftalmologia e nutrição, além de teste de glicemia e aferição da pressão. O projeto também disponibilizou atendimento jurídico aos moradores do bairro e palestras sobre os mais diversos temas, a exemplo do planejamento familiar. Ainda foi criado no local um espaço da beleza, com cabeleireiras, maquiadoras e esteticistas e um outro para a criançada, com muitas brincadeiras e distribuição de lanches.

Do alto dos seus 70 anos, Maria Domingas Pereira adorou a ação, especialmente o Espaço da Beleza. “Meu cabelo estava muito comprido e cheio de pontas. Este é o tipo de coisa que ajuda muito a gente”, disse a aposentada. “Que Deus abençoe Osmar, para que continue olhando para o povo”, falou.



Regina Silva, de 50 anos, também gostou bastante dos serviços disponibilizados pelo projeto. “Achei maravilhoso este projeto, porque ajuda todos nós aqui, que necessitamos desse tipo de atendimento”, afirmou a profissional de serviços gerais, que no momento se encontra sem trabalho.

Liderado pela esposa de Osmar Filho, o movimento Mulheres da Gente foi criado em 2020 e tem trabalhado em apoio às ações do vereador voltadas, principalmente, para o público feminino, desenvolvendo palestras, capacitando mulheres e realizando ações sociais.











 


Por: Leandro Ferreira:Sessão de entrega do título aconteceu na manhã desta sexta-feira na Câmara

A Câmara Municipal de São Luís entregou, na manhã desta sexta-feira, 17, o título de Cidadão Ludovicense a Rogério Garcês Ferreira, executivo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). A homenagem foi proposta pelo vereador Dr. Gutemberg (PSC). 

O parlamentar destacou que Rogério Garcês contribuiu muito para a cidade de São Luís, principalmente no desenvolvimento da educação profissional. “O homenageado chegou em São Luís com sete anos de idade, ele é tão ludovicense quanto qualquer um que nasceu nesta cidade. O Rogério tem dado muita contribuição para a nossa São Luís, além de ser uma pessoa que tem um coração social muito grande. Eu conheço o trabalho dele e eu sei da preocupação que Rogério tem com as pessoas, sobretudo, com os menos favorecidos”, disse. 

O vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio), Manoel Antonio Souza Barbosa, participou da solenidade e parabenizou Rogério Garcês. “São Luís agradece sua vinda e sua grande folha de prestação de serviços a esta cidade e a este povo. Muito obrigado pelo convite para fazer parte da entrega desse título tão importante”, pontuou.

Em seu discurso, após receber o título de cidadão ludovicense, Rogério Garcês agradeceu aos vereadores da Câmara de São Luís por terem aprovado o seu nome para receber a honraria.  

“Sinto-me abençoado, honrado e profundamente emocionado por receber esse título de cidadão ludovicense. Considero este um dos momentos mais importantes da minha vida, marcante e também inesquecível, dentro da minha trajetória pessoal e profissional. Em 1987 comecei a trilhar meu caminho na entidade que me acolheu como aprendiz, o SENAI.  Foram 25 anos dedicados à instituição, transformando vidas em todo o Estado do Maranhão”, disse o homenageado.

Participaram também da sessão solene o diretor da Associação Comercial do Maranhão, Manoel Lima; o Comandante do Colégio Militar de Bacabeira, Tenente-Coronel Bezerra e o comandante operacional do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Coronel Gerson Celso.

Histórico

Rogério Garcês Ferreira é natural de São Gonçalo, Estado do Rio de Janeiro. Chegou em São Luís com apenas sete anos de idade. Sua formação profissional começou no SENAI com o curso de Metalurgia. Posteriormente ingressou na antiga escola técnica

(CEFET) graduando-se no curso de Licenciatura em Eletricidade. 

Rogério Garcês tem um MBA em Administração Contábil e Financeira e uma vasta lista de especializações. Ingressou na Aeronáutica, na Base Aérea de Belém, por um ano e logo foi transferido para Alcântara, permanecendo mais de dois anos. Depois iniciou suas atividades no Sistema FIEMA como instrutor, supervisor e coordenador de diversos projetos no estado do Maranhão, no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, onde já colabora há 24 anos. 

O homenageado participou diretamente da implantação de muitos programas de Educação Profissional no Estado do Maranhão (PNQ, PFP, PLANTEQ, PRONATEC entre outros). Atualmente ele desenvolve atividades de Relacionamento com Clientes no SENAI do Distrito Industrial de São Luís.



















Por: ASCOM/CMSL: Em audiência pública na Câmara Municipal na tarde de quinta-feira (9), usuários do transporte públicos de São Luís relataram as dificuldades que enfrentam diariamente nos coletivos da cidade. A audiência foi uma das últimas etapas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga possíveis irregularidades na gestão do transporte público da capital maranhense.

No debate que foi conduzido pelo presidente do colegiado, vereador Chico Carvalho (Avante), diversos usuários relataram os transtornos que passam diariamente por depender dos coletivos.

Entre as principais reclamações estão ônibus velhos, falta de cobradores, demora, monopólio de empresas e inconstância nos horários. O problema atinge quase todos os bairros, mas a situação mais crítica, conforme as reclamações, afeta especialmente a população que mora em comunidades afastadas da região central.


Representantes dos segmentos da sociedade lotaram o plenário da Casa e apontaram saídas para a questão. Eles destacaram que, enquanto faltam ônibus para atender a demanda, sobram problemas e reclamações no sistema de transporte público municipal.

Deficiências

O presidente do Sindicato dos Usuários de Transporte Coletivo Rodoviário, Hidroviário, Aéreo do Estado do Maranhão (SINDUTCOL-MA), Paulo Henrique da Silva, apontou uma série de deficiências no sistema de ônibus da cidade e afirmou que ninguém mais aguenta essa situação.

“As reclamações vão desde a precariedade dos veículos, antigos e que quebram sem parar, deixando o usuário no meio do caminho, até a quantidade insuficiente deles a disposição, resultando em superlotação e atrasos constantes, sobretudo nos horários de maior demanda. Essa situação virou um drama sem fim. O usuário da capital maranhense não aguenta mais ser transportado como sardinha em lata, pagando caro por isto”, declarou.

Monopólio

Para o presidente da Federação das Entidades da Área Itaqui Bacanga FEIBA o Transporte Altero da Área Itaqui-Bacanga não pode ficar refem e carrinhos, que é preciso avaliar o custo e beneficio para a sociedade.

A CPI do Transporte foi instalada em dezembro de 2021, após a greve de rodoviários em outubro daquele ano. Nesse período, o colegiado ouviu depoimentos de representantes de empresas e sindicatos, fez visitas ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ao Ministério Público e analisou documentos.

Uma das sugestões repetidas no debate foi à quebra dos contratos da licitação realizada em 2016 por descumprimento sistemático dos acordos pactuados e a inoperância dos órgãos reguladores e fiscalizadores.

O que diz o MP?

A promotora Lítia Cavalcanti, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de São Luís, que no ato representou o Ministério Público do Maranhão (MP-MA), afirmou que vai aguardar o envio do relatório da CPI para tomar algumas medidas.

“Nós vamos aguardar o recebimento do relatório das investigações para tomar algumas medidas. Fiquei muito feliz com a realização da CPI, pois o colegiado deverá nos apresentar uma vasta documentação probatória para que possamos prosseguir com as investigações”, afirmou.

O evento contou com o secretário da Comissão, vereador Octávio Soeiro (Podemos); o relator dos trabalhos, vereador Álvaro Pires (PMN), e o co-vereador do Coletivo Nós (PT), Jonathan Soares, que é membro do colegiado. Apenas o vice-presidente, vereador Astro de Ogum (PCdoB), não participou do encontro.

A audiência também contou com a presença do presidente da Comissão de Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), Rosinaldo Francisco Alvino Mendes; do secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz, representando a Prefeitura de São Luís; de representante da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), dos Legislativos de Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar, dentre outros.

Atividade dessa quinta-feira foi uma das últimas ações da CPI. Próxima atividade será o envio do relatório final ao Ministério Público

Veja abaixo pronunciamentos e entrevistas